Chico Buarque: Novo disco, novas músicas

Visite o site para a pré-venda de “Chico”:

http://www.chicobastidores.com.br/

Os compradores poderão ouvir uma das músicas inéditas do CD.

A Banda Mais Bonita da Cidade pode virar CD

De acordo com a Folha Online, “A Banda Mais Bonita da Cidade”…

http://www.youtube.com/watch?v=QW0i1U4u0KE

… já é sondada por gravadoras:

Os telefones celulares de Rodrigo Lemos, Luís Bourscheidt, Uyara Torrente, Vinicius Nisi e Diego Placa não param de tocar. Entrevistas, entrevistas, entrevistas.

A imprensa quer saber o que eles pensam, quem eles são, de onde saíram. Se existem mesmo. Fãs os reconhecem na rua, no aeroporto. Pedem autógrafos, tiram fotos.

Há cinco ou seis dias, não há mais espaço na agenda dos cinco integrantes da banda mais comentada do país atualmente. A banda mais famosa da semana. A Banda Mais Bonita da Cidade.

A banda o quê?

Tudo aconteceu em uma madrugada. Há sete dias.

Entre o final da noite de quarta e a manhã de quinta-feira passada, os cinco músicos de Curitiba dormiam enquanto um vídeo postado por eles no Youtube fazia o serviço: tornava-os o novo fenômeno musical da internet.

“Quinta de manhã, quando acordei, vi que a coisa tinha tomado vida sozinha”, diz Bourscheidt, o baterista.

“A coisa” é o clipe da balada “Oração”, filmado em plano-sequência de seis minutos em um casarão em Rio Negro, na divisa do Paraná com Santa Catarina. Em seis dias, teve mais de dois milhões de visualizações.

A Banda Mais Bonita da Cidade

A Banda Mais Bonita da Cidade

A produção envolveu cerca de 25 pessoas, incluindo câmeras, iluminadores e os muitos figurantes em cena.

“Aquilo foi uma coisa espontânea”, diz Bourscheidt. “Reunimos os amigos na casa da avó de uma das pessoas que aparecem no vídeo. A ideia era registrar um final de semana e a gente nem estava chamando de videoclipe.”

Na mesma velocidade desgovernada com que as imagens “paz e amor” de “Oração” conquistaram amores imediatos, trouxeram também ódios instantâneos.

“Quando alguém coloca uma coisa na internet, sabe que está exposto”, diz Uyara, a vocalista. “Mas o problema, no nosso caso, é que as críticas não são à obra. São porque a gente é feliz. Entende?”

Leia mais clicando aqui.

Caso Geisy gera protestos e… música

Geisy Arruda

Geisy Arruda

O portal G1 traz hoje matéria que conta que o tumulto na Uniban em torno da estudante Geisy ganhou até um axé de protesto no YouTube, do cantor e compositor Roberto Kuelho:

“Atitude hostil com uma garota/ Na escola a polícia foi chamada/ Porque trajava curta roupa/ Por pouco uma garota não foi escolada”. A letra de “Vestido curto” não deixa dúvidas sobre o seu tema: é um protesto em relação ao episódio em que a estudante Geisy Arruda foi hostilizada pelos colegas da Uniban no dia 22 de outubro.

“Vi na internet uma matéria sobre ela, dizendo que ela estava chorando e se sentindo injustiçada com aquilo tudo. Pensei em fazer uma música que pudesse levar um pouco de alegria para ela”, explica em entrevista ao G1 o cantor e compositor baiano Roberto Kuelho, autor da faixa que estreou no site de vídeos YouTube nesta segunda-feira (9).

“Mas Geisy Arruda, bola pra frente/ E esqueça o tempo perdido/ A mentalidade dessa nobre faculdade/ Soube ser mais curta do que o seu vestido/ Por causa de um vestido curto (um vestido curto)/ Expulsaram uma aluna da Uniban/ Por causa de um vestido curto/ O Brasil está parecendo com o Talibã”, continua a letra da “quebradeira”, misto de pagode com axé.

Leia mais clicando aqui.

Leia também:
Estudantes da Universidade de Brasília se despem em protesto contra Uniban

O link para o Youtube:
http://www.youtube.com/watch?v=aemNCuO64rs

Andrea Riccio: My Disease, baseada em Crepúsculo

De acordo com o portal G1, uma brasileira começou a fazer sucesso na internet com música inspirada no filme “Crepúsculo”:

‘My Disease’ é o nome da canção que ganhou destaque em sites de revistas internacionais através da grande rede.

Leia mais a respeito e veja o clipe da música clicando aqui.

Mais sobre a saga Crepúsculo e seus astros principais no Cinema é Magia, clicando aqui.

Música de… funeral

De acordo com a Efe, em Londres, um pastor anglicano declarou em seu blog que está farto de realizar funerais ao som de canções de Tina Turner e outros ídolos da música pop:

Ed Tomlinson, 35, queixa-se que “as mensagens doces das estrelas do pop tenham substituído os hinos e as orações do passado”, informou hoje o jornal “Daily Telegraph”.

Segundo o sacerdote, embora os partidários de uma sociedade laica acreditem ter conseguido uma vitória sobre a Igreja, os infiéis “vão acabar na fogueira sem esperança alguma de ressurreição”.

Leia mais clicando aqui.