Zizi Possi: A volta por cima

Zizi Possi

Zizi Possi

Pouca gente soube, mas não foi apenas a grande Beth Carvalho que teve que interromper sua carreira por alguns meses por conta de problemas na coluna. A grande Zizi Possi, agora recuperando-se depois de dois meses internada [ela foi operada pela primeira vez em 28.10.2011 e chegou a sofrer três cirurgias], começará uma turnê de shows em igrejas históricas do país em 2012:

O projeto se chama “Missa Leiga”. “As igrejas são monumentos arquitetônicos, lugares de paz. É um show que independe de religião”, diz ela.

E Zizi, que ficou mais de dois meses internada em um hospital por problemas na coluna, volta aos palcos no mês que vem. “Ainda estou recuperando o fôlego.” Para ajudar nas performances, ela terá o auxílio de um banquinho “para descansar a lombar” em alguns momentos.

A nota foi encontrada clicando aqui.

Leia também:
Após problemas na coluna, Zizi Possi fará turnê em igrejas
‘Dê um rolê’: o ‘brilho louco’ de Zizi Possi [por Leonardo Guedes]

Beth Carvalho: Retornando aos poucos

Beth Carvalho

Beth Carvalho

A coluna de Ancelmo Gois no jornal O Globo desta segunda, 25.10.2010, traz uma entrevista de Marceu Vieira com Beth Carvalho:

Beth Carvalho, depois de um ano e dois meses, fez sua primeira aparição pública segunda passada. A grande cantora brasileira foi em cadeira de rodas, valente, à festa dos artistas para Dilma, no Teatro Casa Grande. Aos 64 anos, foi uma das mais aplaudidas. Merece.

Como foi receber palmas de novo depois de tanto tempo?

— Foi muito emocionante. Eu chorei tanto. Eu me senti feliz por poder participar, por me sentir querida. Com certo sacrifício físico. Mas lá fui eu.

O que houve com você?

— Tudo começou em agosto de 2009. Tive um problema na coluna e fui operada. A cirurgia deu certo. Mas contraí uma infecção hospitalar. Venci essa luta. Vim para casa, achando que estava tudo bem. Faria show no réveillon. Aí, em casa, tive fratura no sacro. Essa é que foi difícil. Porque fui obrigada a ficar o tempo todo deitada. Era algo que não se podia engessar. Para consolidar, eu teria de ficar na cama. Nem assim consolidou. Tive de fazer outra operação, pôr dois parafusos. Finalmente, consolidou. Já fico de pé.

Você tem cantado em casa?

— Tenho. É tão bom. Gravei aqui minha participação no DVD do Monarco (o grande sambista da Portela). Eles trouxeram a equipe toda e gravamos.

Quanto tempo ainda vai demorar para voltar aos palcos?

— Demora ainda uns quatro meses essa história. Tenho paciência. Nem sabia que tinha tanta. Um ano deitada não é fácil. Acho que consegui pelo carinho, por tanta manifestação de amor. Os amigos ligando o tempo todo.

Já pensa no próximo CD?

— Eu já estava selecionando músicas para o novo CD quando tudo aconteceu. Poderia até gravar em casa, mas não quero. Quero estúdio mesmo. Vou esperar um pouco para ficar firme.

O CD já tem nome?

— Tem. Vai se chamar “Brasileiríssima”. É como, mais do que nunca, eu me sinto. Será produzido pelo Rildo Hora.

Como está a rotina nesses dias?

— Faço fisioterapia todo dia. Pego sol. Estou muito contente. Não esperava tanto amor, tanto carinho da minha família, dos amigos, de todo mundo. Eu gosto de viver. Acho que estou saindo dessa por isso. Pelo amor das pessoas e porque gosto de viver.

A matéria foi encontrada neste link.

A volta de Beth Carvalho

Depois de muitos meses de cama, Beth Carvalho aos poucos começa a retomar sua carreira. Matéria do jornal O Dia:

A madrinha do samba voltou. Há quase um ano sem fazer shows, devido a um problema na coluna, Beth Carvalho deixou o repouso forçado para gravar participação no CD e DVD ‘Memória do Samba: Monarco’, da ONG Oficina do Parque, em homenagem ao líder da Velha Guarda da Portela. Vestida de verde e rosa, ela juntou-se ao tamborim de Monarco, ao cavaquinho de Mauro Diniz, ao violão de Paulão Sete Cordas, ao tantã de Esguleba e ao pandeiro de Jaguará para quebrar o silêncio que tomava conta de sua casa, em São Conrado.

Esguleba (tantã), Beth, Monarco, Mauro Diniz (cavaquinho), Paulão Sete Cordas (violão) e o pandeiro de Jaguará (Foto: Felipe O´Neill / Agência O Dia)

Esguleba (tantã), Beth, Monarco, Mauro Diniz (cavaquinho), Paulão Sete Cordas (violão) e o pandeiro de Jaguará (Foto: Felipe O´Neill / Agência O Dia)

“Estou feliz. Com vocês aqui, fico logo boa. Já chega de um ano de descanso de voz, sem chuva na cabeça, sem sereno. Vamos lá, rapaziada, vamos fazer um laiá-laiá”, pedia ela, que gravou a canção ‘Lenço’, de Monarco e Chico Santana. Acompanhada com exclusividade por O DIA, a gravação será exibida no show para convidados, que acontece hoje no Teatro Oi Casa Grande, com participação de Zeca Pagodinho, Martinho da Vila, Paulinho da Viola e da Velha Guarda da Portela.

Leia mais clicando aqui.

Beth Carvalho: Cuidados médicos em casa

Beth Carvalho

Beth Carvalho

De acordo com a Folha Online, a cantora Beth Carvalho já está há cinco meses na cama por causa de uma cirurgia:

Ela fissurou o sacro, osso que fica na base da coluna.

Apesar da situação delicada, Beth está otimista e acredita que dentro de dois meses possa voltar a se sentar e até a andar. Ainda não há previsão para a volta aos palcos.

“Tenho que ficar na cama o tempo todo, mas estou fazendo fisioterapia e me sinto bem melhor”, contou.

A cantora recebe os cuidados médicos em casa, na zona sul do Rio.

Leia mais clicando aqui.

Bono: Cirurgia e internação

Bono

Bono

De acordo com a Folha Online, o líder do U2, Bono, de 50 anos, foi submetido a uma cirurgia de emergência nas costas em um hospital de Munique, na Alemanha, após se machucar enquanto ensaiava para a próxima turnê da banda:

As informações são da agência Reuters. “Bono vai passar os próximos dias lá [no hospital], antes de retornar para casa para se recuperar. Assim que tivermos notícias sobre seu estado de saúde, enviaremos outro comunicado, assim como informações sobre shows”, disse um representante do cantor hoje.

Leia mais clicando aqui.