Monique Aragão no Film&Arts – 26.04 e 03.05.2022

Em “Melhor sem Palavras”, a musicista, compositora, regente e pianista Monique Aragão explora as intimidades do piano, com quem mantém uma longa e fecunda história de amor e devoção.

Mais em

http://filmandarts.com.br/horarios/2022-04-26
http://filmandarts.com.br/programa/melhor-sem-palavras

Rê Montanari (1962-2021)

Rê Montanari

O blog de Mauro Ferreira registrou o falecimento de Rê Montanari, fundadora da Jazzmin’s, big band de mulheres, guitarrista e educadora, aos 59 anos vítima de câncer. A instrumentista paulistana deixou um legado que valorizou a presença feminina na música instrumental brasileira:

Na certidão de nascimento, ela era Renata Montanari (10 de setembro de 1962 – 2 de novembro de 2021). Na vida, sobretudo entre os músicos e os alunos de violão e harmonia, ela era a Rê.

Nota desafinada deste dia de finados, a morte da violonista, guitarrista, compositora e educadora paulistana Rê Montanari – nesta terça-feira, aos 59 anos, vítima de câncer – entristeceu o universo da música instrumental brasileira, ainda abalado com a saída de cena do pianista Nelson Freire (1944 – 2021) na madrugada de ontem.

Professora de violão e harmonia na Escola de Música do Estado de São Paulo, instituição conhecida como EMESP Tom Jobim, Rê Montanari lançou em 2014 o álbum solo Entre o som e o silêncio. Contudo, a musicista era especialmente ligada a grupos.

Foi integrante e uma das fundadoras da Jazzmin’s, big band paulistana formada somente por instrumentistas mulheres. Antes, nos anos 1980, Rê Montanari integrou o grupo Kali, também formado somente por mulheres.

Em 2004, décadas depois, formou com Beto Caldas e Vinnie Colla o trio de música instrumental Samambaia. Mais recentemente, foi convidada a formar o Trio D’Alma com Cândido Serra e Ruy Saleme.

Rê Montanari

Como integrante da Avon Women Orchestra, a instrumentista se apresentou em várias cidades do Brasil, tocando com cantoras como Daniela Mercury, Leila Pinheiro, Margareth Menezes, Paula Lima, Rita Lee, Vanessa da Mata e Zélia Duncan.

Leia mais clicando aqui.

Site oficial:
https://www.remontanari.com/

Leia também no site Violão Brasileiro:
Morre a violonista e compositora Rê Montanari

Henrique Annes (1946-2021)

De acordo com o portal G1, o violonista e compositor Henrique Annes morreu em 20.09.2021 aos 75 anos:

De acordo com familiares, ele sofreu uma parada cardíaca quando estava sendo levado para uma cirurgia, no Hospital Santa Terezinha, na Iputinga, na Zona Oeste do Recife.

Henrique Annes

O violonista atuou em sinfônicas e orquestras de câmara no exterior e no Brasil. Foi professor no Conservatório Pernambucano de Música, por quase 40 anos. Também integrou a Orquestra de Cordas Dedilhadas de Pernambuco e a Orquestra Armorial.

Em 2019, Henrique Annes lançou um DVD sobre os 50 anos de carreira, contados a partir da estreia em gravações, ao lado de Canhoto da Paraíba, com quem foi para o estúdio pela primeira vez.

Leia mais clicando aqui.