Avicii (1989-2018)

Avicii

Avicii

De acordo com o UOL, o DJ e produtor musical sueco Tim Bergling, mais conhecido como Avicii, morreu na tarde de 20.04.2018, aos 28 anos. Ele foi encontrado morto em Omã, país da península Arábica:

A informação foi confirmada pelo representante do artista: “É com profundo pesar que anunciamos a perda de Tim Bergling, também conhecido como Avicii. Ele foi encontrado morto em Muscat, Omã, na tarde desta sexta-feira, 20 de abril. A família está arrasada e pedimos a todos para respeitar a privacidade deles nesta hora difícil. Nenhuma declaração adicional será dada”.

Leia mais clicando aqui. O DJ começou a carreira em 2006, mas lançou o primeiro álbum em 2011, reunindo seus principais singles. Com “True”, seu segundo álbum, alcançou o topo das paradas e se tornou colaborador assíduo de produções diversas, de Madonna a Coldplay.

Anúncios

Noël Devos (1929-2018)

Noël Devos

Noël Devos

O grande músico Noël Devos, o “Senhor Fagote”, faleceu em 03.03.2018. A despedida de Devos será na capela B do Cemitério do Caju (São Francisco Xavier), com velório a partir das 13:30h e sepultamento marcado para 15:30h de 04.03.2018.

No Wikipedia:

Noël Devos (Calais, 08 de outubro de 1929 — Rio de Janeiro, 3 de março de 2018) foi um dos mais importantes músicos do Brasil, tendo trabalhado e ensinado o fagote – instrumento de orquestra – desde 1952, quando veio da França, a convite da Orquestra Sinfônica Brasileira, representada pelo regente Eleazar de Carvalho e com o apoio institucional e material da UNESCO, em projeto à época coordenado pelo musicólogo Luis Heitor Correia de Azevedo.

Ainda nos anos 60 se naturalizou cidadão brasileiro, do que sempre se orgulhou.

Aqui no país desenvolveu importante carreira como músico de orquestra, solista, camerista e educador. Teve dezenas de obras para fagote a ele dedicadas, por inúmeros compositores relevantes, tendo tocado com os maiores regentes nacionais e internacionais, como Villa-Lobos, Eleazar de Carvalho, Isaac Karabtchevsky, Zubin Mehta, Alceo Bocchino , Daniel Barenboim , Victor Tevah e muitos outros.

Edwin Hawkins (1943-2018)

Edwin Hawkins

Edwin Hawkins

De acordo com o portal G1, Edwin Hawkins, cantor conhecido pela música “Oh, happy day”, morreu aos 74 anos nos EUA, segundo informou a agência de notícias Associated Press:

Ele morreu na segunda-feira [15.01.2018], em sua casa em Pleasanton, na Califórnia. O músico sofria de câncer no pâncreas.

O grupo vocal liderado pelo músico, chamado The Edwin Hawkins Singers, virou sucesso mundial em 1969 com a música “Oh, happy day”.

A canção é adaptada de um hino gospel tradicional nos EUA, com arranjos de Edwin Hawkins. A gravação ganhou um Grammy no ano seguinte.

Leia mais clicando aqui.

Dolores O’Riordan (1971-2018)

Dolores O'Riordan

Dolores O’Riordan

De acordo com o portal G1, a cantora irlandesa Dolores O’Riordan, do Cranberries, morreu aos 46 anos:

O grupo vendeu mais de 40 milhões de discos.

A banda divulgou uma nota dizendo que os integrantes “estão devastados por ouvir as notícias” e pediram privacidade “nesta hora muito difícil”.

Não há mais informações sobre a morte. O corpo foi encontrado em Londres, onde o Cranberries participaria de uma gravação.

Dolores Mary Eileen O’Riordan Burton nasceu em Ballybricken, na Irlanda, em 1971, a mais nova de sete filhos. Ela tinha transtorno bipolar.

Leia mais clicando aqui.

Eddie Clarke (1950-2018)

Eddie Clarke

Eddie Clarke

De acordo com o site do JB, o ex-guitarrista da banda Motörhead Eddie Clark morreu aos 67 anos:

O músico estava internado em um hospital, onde tratava de pneumonia. A banda anunciou a morte do guitarrista pelo Facebook, ontem.

Os outros membros do grupo lamentaram o falecimento. Phil Campbell, atual guitarrista, disse que estava “chocado” com a notícia e que o músico será lembrado como uma “verdadeira estrela do rock”. Já Mikkey Dee, antigo baterista da banda, lamenta a morte “do último dos three amigos”.

Leia mais clicando aqui.

Jim Burns: Falecimento

Jim Burns

Jim Burns

De acordo com o site Tenho Mais Discos Que Amigos, Jim Burns, o co-criador do icônico programa de shows acústicos MTV Unplugged, faleceu aos 65 anos de idade:

Embora a causa oficial da morte não tenha sido confirmada, Burns havia sido hospitalizado após ser atropelado por um táxi em Manhattan no último sábado. Uma pessoa próxima à família do produtor confirmou sua morte para a Billboard.

A série Unplugged foi criada em 1989 e, ao longo das últimas décadas, contou com diversos shows lendários de bandas e artistas como Eric Clapton, Nirvana, Pearl Jam, Alice In Chains e muitos outros.

Leia mais clicando aqui.

Kim Jong-hyun (1990-2017)

Kim Jong-hyun

Kim Jong-hyun

De acordo com a Folha, o principal vocalista da boy band sul-coreana SHINee, Kim Jong-hyun, morreu em 18.12.2017 após ser levado inconsciente para um hospital, segundo relatou a agência de notícias do país Yonhap, sem divulgar qualquer fonte para a informação:

Kim Jong-hyun foi encontrado em um apartamento alugado em Seul, capital da Coreia do Sul, informa a Yonhap. A suspeita é a de que o ídolo teen teria cometido suicídio.

Segundo a agência, o cantor teria enviado uma mensagem de despedida à sua irmã, que, então, acionou a polícia local.

O canal de notícias YTN relatou que o cantor havia dado entrada em uma residência alugada por duas noites e que foi encontrado inconsciente pela polícia. A Reuters informa que nenhuma confirmação da polícia estava disponível de imediato.

A notícia da morte do cantor causou comoção nas redes sociais. No Twitter, a hashtag #Jonghyun atingiu os trending topics mundiais e #Shinee alcançou o segundo lugar.

Leia mais clicando aqui.

Johnny Hallyday (1943-2017)

Johnny Hallyday

Johnny Hallyday

De acordo com o portal Terra, morreu em 06.12.2017, aos 74 anos, Johnny Hallyday, ator e cantor e considerado o maior astro do rock francês na história:

O roqueiro enfrentava há anos um câncer no pulmão e havia sido internado nos últimos dias por conta de problemas respiratórios.

“Johnny Hallyday morreu. Escrevo essas palavras sem acreditar nisso. Mas, foi assim. O meu homem não está mais entre nós e ele nos deixou nesta noite assim como viveu toda a sua vida, com coragem e dignidade”, escreveu a esposa do artista, Laeticia Hallyday, na nota sobre o falecimento.

(…) O “Elvis Presley francês” também foi homenageado pelo presidente do país, Emmanuel Macron.

“Nós todos temos algo de Johnny. Nós não esqueceremos nem o nome, nem o rosto, nem a voz, sobretudo, nem as interpretações que, com um lirismo seco e sensível, pertencem hoje à história da música francesa. Ele fez entrar uma parte da América em nosso Pantheon nacional”, escreveu em nota o presidente.

Leia mais clicando aqui.

Sua última aparição em um palco ocorreu recentemente, durante uma apresentação com o Les Vieilles Canailles, junto aos seus amigos Jacques Dutronc e Eddy Mitchell.

No Correio Braziliense:

Hallyday gravou 50 álbuns e vendeu mais de 100 milhões de discos, encarnando uma imagem ‘bad boy’, com todos seus ingredientes. Ele tentou cometer suicídio em 1966, desmaiou no palco em 1986 e se casou cinco vezes, duas delas com a mesma mulher, Adeline Blondieau, a filha de um de seus amigos.

(…) Hallyday teve momentos de prestígio ao protagonizar filmes de diretores renomados como Jean-Luc Godard e Patrice Leconte.

Os aplausos também vieram em 2009 por sua interpretação de um assassino de aluguel aposentado que busca vingar a morte da família no thriller “Vengeance”, de Johnnie To. “Não sou tão estúpido como as pessoas pensam”, disse Hallyday em uma entrevista à AFP em 1998. “Acredito que esta visão pertence ao passado”.

Leia mais clicando aqui.

Jon Hendricks (1921-2017)

Jon Hendricks

Jon Hendricks

O jazz está de luto. Faleceu Jon Hendricks em 22.11.2017:

Jon Hendricks, a jazz singer and songwriter who became famous in the 1950s with the vocal trio Lambert, Hendricks & Ross by putting lyrics to well-known jazz instrumentals and turning them into vocal tours de force, died on Wednesday in Manhattan. He was 96.

His death, in a hospital, was confirmed by his daughter Aria Hendricks.

Although he was a gifted vocal improviser in his own right, Mr. Hendricks was best known for adding words to the improvisations of others.

He took pieces recorded by jazz ensembles like the Count Basie Orchestra and the Horace Silver Quintet and, using their titles as points of departure, created intricate narratives and tongue-in-cheek philosophical treatises that matched both the melody lines and the serpentine contours of the instrumental solos, note for note and inflection for inflection.

Leia mais clicando aqui.

Fats Domino (1928-2017)

Fats Domino

Fats Domino

De acordo com o portal G1, o ntor e músico americano Fats Domino, considerado uma lenda do rock e influência de Elvis Presley e Beatles, morreu em 25.10.2017 aos 89 anos:

De acordo com o jornal britânico “The Guardian”, o artista morreu de causas naturais.
Um porta-voz do instituto médico legal de Nova Orleans, onde Domino nasceu, confirmou a morte, que mais cedo havia sido anunciada pela filha da lenda do rock em um canal de TV local. O músico morava em Harvey, cidade separada de Nova Orleans pelo rio Mississippi.
Ao longo de cinco décadas de carreira, famoso pelo seu estilo de tocar piano, Fats Domino vendeu mais de 65 milhões de discos.

Leia mais clicando aqui.

Leia também:
R.I.P. Fats Domino, New Orleans rhythm and blues legend has died at 89

Tom Petty (1950-2017)

Tom Petty

Tom Petty

De acordo com o portal G1, o cantor americano Tom Petty, de 66 anos, morreu em 02.10.2017, após sofrer um ataque cardíaco no dia anterior, informa o site oficial do cantor, em nota assinada pelo porta-voz da família e empresário do artista, Tony Dimitriades:

O representante do músico confirmou que Petty morreu rodeado de amigos, familiares e companheiros da sua famosa banda The Heartbreakers por volta das 20h40 no horário local (0h40 desta terça-feira (3), no horário de Brasília). Leia a íntegra abaixo
O site “TMZ” informou que o músico estava inconsciente e sem respirar quando foi atendido, na noite do último domingo (1º), em sua residência em Malibu, na Califórnia. No entanto, os serviços de emergência foram capazes de recuperar a pulsação e o levaram para o Hospital Santa Monica.

Leia mais clicando aqui. Tom foi fundador, líder e vocalista da banda Tom Petty and the Heartbreakers. Também foi integrante do supergrupo Traveling Wilburys, na década de 80. Sua antiga banda se chamava Mudcrutch (1969-1975, 2008-2017).

Rock In Rio 2017: Principais Atrações de 24.09.2017

Fonte: Globo Online.

– Ego Kill Talent (24/09 às 15h05min)

Com álbum recém-lançado produzido pelo americano Steve Evetts, que já trabalhou com bandas como The Cure, a banda brasileira traz seu rock pesado para abrir o último dia de festival.

– Supla e Doctor Pheabes (24/9 às 16h30min)

O Papito e a banda brasileira se apresentarão juntos no dia 24 de setembro, no Palco Sunset.

– Republica (24/09 às 18h)

Formada em São Paulo, em 1991, a Republica se apresenta pela terceira vez no Palco Sunset. Expoente do heavy rock brasileiro, o grupo tem três álbuns no currículo e já passou pelo Sunset em 2013, em parceria com Dr Sin, e em 2015.

– Sepultura (24/9 às 20h)

Figurinha fácil no Rock in Rio, o maior nome do metal nacional está garantido, mais uma vez, na escalação do festival. Mas, agora, sem participações especiais: a banda mineira não vai dividir palco com ninguém nesta edição e pretende tocar todas as faixas de “Machine Messiah”, seu mais recente disco.

– Capital Inicial (24/9 às 19h)

Banda que surgiu em Brasília nos anos 1980, junto com a Legião Urbana e os Paralamas do Sucesso, o Capital Inicial resistiu como grande nome do rock brasileiro por décadas, alcançando o sucesso com canções como “Música Urbana”, “Fátima”, “Primeiros erros” e “Natasha”.

– The Offspring (24/9 às 21h)

Uma das atrações de maior destaque do Sunset na edição de 2013, o Offspring volta ao Rock in Rio para mostrar seu peso no Palco Mundo. Sem lançar álbum novo desde “Days go by” (2012), a banda californiana deve basear seu repertório em clássicos como “Pretty fly”, “The kids arent’t alright” e “Why don’t you get a job?”.

– 30 Seconds to Mars (24/09 às 22h35min)

Quatro anos depois daquele show marcado pelo vocalista Jared Leto cruzando a multidão de tirolesa, a banda de rock alternativo americana volta ao festival. O último disco lançado pelo 30STM foi “Love, lust, faith and dreams” (2013), mas, uma publicação recente no Twitter indica que eles estão prestes a lançar novidades.

– Red Hot Chili Peppers (24/9 às 00h25min)

Formado por Anthony Kiedis (voz), Flea (baixo), Chad Smith (bateria) e Josh Klinghoffer (guitarra), o irreverente quarteto americano voltará ao Rock in Rio depois de 16 anos. Em 2001, a banda, ainda com o guitarrista John Frusciante, fechou a última noite da terceira edição do festival tocando para um público de mais de 200 mil pessoas.

Charles Bradley (1948-2017)

Charles Bradley

Charles Bradley

De acordo com o Globo Online, o cantor americano Charles Bradley, uma lenda do soul, morreu neste sábado aos 68 anos. Ele, que foi diagnosticado com um câncer no estômago no ano passado, se apresentaria no Rock in Rio, no palco Sunset, no dia 16. O show precisou ser cancelado pois a doença chegara ao fígado. Os substitutos foram os brasileiros Rael e Elza Soares:

A página oficial do cantor no Facebook confirmou a morte do artista.

“É com o coração pesado que anunciamos a passagem de Charles. O senhor Bradley era muito grato pelo carinho que estava recebendo de seus fãs, e esperava que sua mensagem de amor fosse lembrada e passada para as próximas gerações. Obrigado pelos pensamentos positivos e pelas orações durante este período difícil”, escreveu a equipe do cantor.

Leia mais clicando aqui.