Dona Duda da Ciranda (1923-2022)

Reportagem de Germana Macambira na Folha de Pernambuco conta que faleceu a “criadora da ciranda” do Janga, em Paulista, Dona Duda da Ciranda, aos 98 anos:

Ela morreu na noite deste quarta-feira, em sua casa, em decorrência de um câncer no pulmão descoberto no último mês de novembro.

Dona Duda da Ciranda

De acordo com sua filha, Jaqueline da Paz, após a descoberta da doença, cuidados paliativos foram ministrados para Dona Duda, uma vez que já em metástase, não havia mais possibilidade de tratamento.

O velório da cirandeira deve ocorrer no Cemitério Parque das Flores, local provável do sepultamento. “Ainda não temos os horários, só depois que o corpo dela for liberado”, adiantou Jaqueline em conversa com a Folha de Pernambuco. Dona Duda também deixou outro filho, José Davi da Paz.

Vitalina Alberta de Souza Paz, nascida em abril de 1923 em Jaboatão dos Guararapes, Região Metropolitana do Recife (RMR), escolheu o nome “Duda” aos 8 anos de idade e foi assim que ficou conhecida desde então.

Leia mais clicando aqui.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s