Carlos Marín (1968-2021)

Carlos Marín

De acordo com o site da revista Monet, Carlos Marín, integrante do grupo Il Divo, morreu aos 53 anos, vítima da Covid-19:

No começo da semana, apareceram notícias na imprensa inglesa de que o artista espanhol estaria internado em coma induzido em um hospital em Manchester, na Inglaterra.

Por meio das redes sociais, o grupo Il Divo confirmou a morte do seu membro fundador. “É com o coração pesado que informamos que nosso amigo e parceiro Carlos Marin faleceu. Ele fará muita falta para seus amigos, família e fãs. Nunca haverá outra voz ou espírito como Carlos. Por 17 anos, nós quatro estivemos nesta incrível jornada do Il Divo juntos, e vamos sentir a ausência do nosso querido amigo. Esperamos e oramos para que sua bela alma descanse em paz. Com amor – David, Sebastien e Urs”, diz o comunicado assinado pelos integrantes remanescentes.

O barítono Carlos Marin era um dos astros do Il Divo desde a criação do grupo em 2003 – o quarteto vendeu mais de 30 milhões de cópias de seus álbuns em todo o mundo desde então. É considerado o pioneiro do ‘popera’, e suas apresentações venderam mais de milhões de ingressos.

Il Divo foi criado por Simon Cowell (‘American Idol’) com inspiração na clássica reunião de Os Três Tenores – com Luciano Paravotti, Plácido Domingo e José Carreras.

Leia mais clicando aqui.

Carlos Marín

No Wikipedia:

(…) Ao longo dos anos, ganhou reputação como um importante intérprete musical, cultivando diferentes gêneros musicais e recebendo excelentes críticas pelos críticos. Ele fez um nome para si mesmo na indústria musical, participando de várias competições musicais: “Jacinto Guerrero”, “Francisco Alonso” e “Julián Gayarre”, em 1996, quando conquistou o segundo lugar, entre outros.

Atuou em diversos musicais, começando em 1993 como Marius em Les Misérables, e depois em “Beauty and the Beast” (quando sofreu um acidente que o deixou com um tornozelo quebrado), Grease (em que desempenhou o papel de Vince Fontaine), “El diluvio que viene” (The Coming Flood) e que abrange, por José Sacristán, no Homem de La Mancha. [2] Também participou da produção de La Magia de Broadway (Broadway Magic) e Peter Pan (no teatro e CD), neste musical que ele dividia igualmente as funções de direcção musical de Alberto Quintero.

Marín cantou no filme animado Tim Burton, The Nightmare Before Christmas, e foi também a voz cantando o príncipe na versão em espanhol de Cinderela, da Disney, produzido no ano de 2000.

Carlos teve aulas vocais com Alfredo Kraus, Monserrat Caballé e Jaume Aragall.

Leia mais em
https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Carlos_Mar%C3%ADn

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s