The Voice Brasil 2021: Fase 1, Audição às Cegas 1, 26.10.2021

Cristiane de Paula

Apresentações do programa de estreia, 26.10.2021:

1. WD

– Cantou “Eu Sou”
– Time IZA

2. Cristiane de Paula

– Cantou “Canta Brasil”
– Time Brown

3. Criston Lucas

– Cantou “Quem Sabe”
– “Puxado” para o Time Teló

4. Carlos Filho

– Cantou “Enquanto engoma a calça”
– Time Lulu

5. Edvania Sousa

– Cantou “Nuvem de Lágrimas”
– Time Claudia

6. Hugo Rafael

– Cantou “A Song For You”
– Time IZA

7. Lysa Ngaca

– Cantou “Quando a Chuva Passar”
– Time Brown

8. Dayse Rosa

– Cantou “Onde Está Você?”
– Time Claudia

9. Letícia Drumond

– Cantou “Malandro”
– Não foi classificada

10. Léo Pinheiro

– Cantou “Bar do Balacobaco”
– Time Brown

11. Alessandra San

– Cantou “You Oughta Know”
– Time Lulu

12. Eriem Beek

– Cantou “Supera”
– Não foi classificado

13. Belle Ayres

– Cantou “Flutua”
– Time Claudia

Candidatos aprovados cujas performances não foram exibidas neste programa (por decisão da produção do programa): clique aqui. Foram eles:

TIME LULU
– Jamily Diwlay cantou “Redemption Song”
– Luama cantou “Deus Me Proteja”
– Júlia Rezende cantou “Nossa Conversa”

TIME CLAUDIA
– Letícia Alecrim cantou “Ai, Amor”
– Ariane Zaine cantou “Eu Amo Você”
– Wina cantou “Sweet Dreams (Are Made Of This)”

WD

Este programa no site oficial: clique aqui.

Times até este programa:

TIME CARLINHOS BROWN
– Cristiane de Paula
– Léo Pinheiro
– Lysa Ngaca

TIME CLAUDIA LEITTE
– Ariane Zaine (*)
– Belle Ayres
– Dayse Rosa
– Edvania Sousa
– Letícia Alecrim (*)
– Wina (*)

TIME IZA
– Hugo Rafael
– WD

TIME LULU SANTOS
– Alessandra San
– Carlos Filho
– Jamily Diwlay (*)
– Júlia Rezende (*)
– Luama (*)

TIME MICHEL TELÓ
– Criston Lucas

(*) Performances não exibidas no programa que foi ao ar por decisão da produção do The Voice Brasil

Lailson de Holanda Cavalcanti (1952-2021)

Lailson de Holanda Cavalcanti

De acordo com o site Splash, o cartunista e músico Lailson de Holanda Cavalcanti morreu em 26.10.2021, aos 68 anos, vítima da covid-19. A informação foi confirmada pela família do artista no Facebook:

Há uma semana, Isabela, filha de Lailson, informou que ele estava internado na UTI semi-intensiva com covid. Ele chegou a apresentar melhora, mas na madrugada de hoje acabou não resistindo ao avanço da doença.

O artista pernambucano era conhecido pelo humor gráfico, sua especialidade. Por seu trabalho, foi premiado no salão internacional do humor.

Além de cartunista, chargista e quadrinista, também se destacou na música na década de 70, quando gravou o disco Satwa com Lula Côrtes.

A notícia foi encontrada aqui.

No portal G1:

O cartunista e músico morreu em um hospital particular do Recife. De acordo com a família, ele estava com Covid-19 (veja vídeo acima).

O corpo de Lailson será cremado às 16h desta terça [26.10.2021], no Cemitério Memorial Guararapes, em Jaboatão dos Guararapes, em uma cerimônia restrita à família.

Lailson de Holanda Cavalcanti

Lailson trabalhou como chargista por quase 30 anos no Diário de Pernambuco e chegou a contribuir também com o Pasquim, jornal de circulação nacional criado por jornalistas e intelectuais no fim da da década de 1960 e que fazia oposição ao regime militar.

Em 1977, o cartunista foi premiado no salão internacional do humor, em São Paulo. Também atuou como músico em bandas de rock.

Leia mais clicando aqui.