Paulinho, do Roupa Nova (1952-2020)

Paulinho

Mais um nome de peso da música brasileira se vai por conta da pandemia de Covid-19. Paulinho, vocalista do Roupa Nova, faleceu aos 68 anos em 14.12.2020. No portal G1:

O cantor Paulo César Santos, o Paulinho, integrante do grupo Roupa Nova, morreu na noite desta segunda-feira (14). Ele estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Copa D’or, na Zona Sul do Rio. A informação da morte foi confirmada pela assessoria de imprensa da banda à GloboNews.

No mês passado, Paulinho foi internado com Covid-19.

Em setembro, ele passou por um transplante de medula óssea para tratar de um linfoma. No procedimento, foram utilizadas as próprias células do paciente.

Ele respondeu bem ao tratamento, mas depois precisou ser novamente internado para tratar a Covid. Em uma postagem nas redes sociais nesta segunda-feira (14), a banda informou que o quadro de saúde dele era delicado.

A notícia foi encontrada aqui.

A nota oficial do grupo Roupa Nova nas redes sociais:

As luzes do palco se apagaram. Infelizmente o nosso querido Paulinho não resistiu.

Acabamos de receber a notícia que ele veio a falecer de falência de múltiplos órgãos após ser acometido pela infecção do vírus COVID 19. Paciente decorrente de outras co-morbidades, entre elas um transplante de medula óssea devido a um linfoma. Ele teve uma parada cardiorrespiratória hoje, que levou à parada dos órgãos.

Nossos sinceros agradecimentos à todos que oraram e pediram por ele.

Deus o receba de braços abertos! #Luto

No Wikipedia:

No inicio da década de 1970, era vocalista e percussionista de uma banda de bailes carioca chamada Los Panchos Villa, ao lado de Kiko e de Feghali. Nessa época, já frequentava as apresentações da banda Os Famks, que tinha grande influência na noite carioca. Em 1974, recebeu o convite para cantar e tocar nessa segunda banda. Logo após entrar, convidou Kiko para substituir o guitarrista.

Paulinho

Com uma voz potente e marcante, Paulinho cantou como vocalista principal em diversas músicas do grupo Roupa Nova, incluindo hits marcantes como “Canção de Verão”, Clarear, “Sensual” (na versão original de 1983), “Volta pra mim”, “Whisky a Go-Go” (na versão “ao vivo”, no álbum “Agora Sim”, no Roupacústico I e no álbum Roupa Nova 30 anos), “Linda Demais”, “Meu Universo É Você”, “Vício”, “De volta pro futuro”, “Chama”, “Asas do Prazer”, “Os Corações não São iguais”, “Maria Maria”, “Felicidade”, além de canções mais recentes como “À Flor da Pele”, “A Lenda”, “A Metade da Maçã”, “Frio da solidão” e “Já nem Sei mais” ao lado da dupla Chitãozinho e Xororó, “Retratos Rasgados”, “Reacender” ao lado de Ben’s Brother, gravada para o álbum Roupa Nova em Londres de 2009 e Sonhando Com Os Pés no Chão do álbum Todo Amor do Mundo lançado no final de 2015.[2], além de hits mais recentes como Luzes de Emergência e Alma Brasileira, presentes no mais recente álbum As Novas do Roupa lançado em 2019 e o single Noites Traiçoeiras lançado nas plataformas digitais em 2019.

Além de cantor, Paulinho também ocupa a função de percussionista na banda Roupa Nova. Em 2009, devido a problemas de saúde, foi substituído em apenas três shows do Roupa Nova pelo ex-vocalista da banda Rádio Táxi, Maurício Gasperini. Logo se recuperou e voltou à atividade.