Carlos Alberto (1933-2020)

De acordo com o portal G1, Morreu na manhã de 07.07.2020 o cantor Carlos Alberto, considerado o “Rei dos Boleros”, uma das figuras mais conhecidas na noite de Três Rios, no Sul do Rio de Janeiro:

Ele faleceu na Santa Casa de Juiz de Fora, na Zona da Mata Mineira, onde estava internado há oito dias por conta de um AVC.

O artista começou a carreira com 8 anos, quando já tocava violão. Nascido em Minas Gerais, e sucesso nos anos 60, o nome “Rei dos Boleros” foi dado pelo Chacrinha.

O cantor morou por 15 anos em Três Rios, onde fez seus primeiros shows profissionais. Na época, os moradores chegaram a fazer um abaixo assinado para que Carlos Alberto fizesse uma serenata na rua onde vivia. Depois disso, ele foi ao Rio encontrar um maestro e fechou com uma gravadora. Durante a carreira, ele lançou mais de 50 trabalhos e foi o cantor que mais gravou boleros no Brasil. Além disso, foi o recordista de vendas da gravadora junto com Roberto Carlos.

Leia mais clicando aqui.

Carlos Alberto

No site JC:

O músico João Rodrigues, sobrinho de Carlos Alberto confirmou o falecimento do artista, que estava internado na Santa Casa de Misericórdia de Juiz de Fora, em Minas Gerais, em publicação no Facebook.

“Comunico aos amigos, com muita tristeza o falecimento do cantor, compositor e excelente intérprete Carlos Alberto (o eterno Rei do Bolero), que infelizmente não resistiu às consequências de um AVC fortíssimo, apesar dos esforços da ótima equipe de profissionais médicos da Santa Casa. Além da voz privilegiada e interpretações memoráveis, era também ótimo violonista. Fica para nós a lembrança de um grande amigo, alegre, carinhoso, que não sabia dizer não”, escreveu na rede social.

O mineiro Carlos Alberto ficou conhecido na década de 1960 como o Rei do Bolero e popularizou sua música romântica pelo Brasil com sucessos como Sabe Deus e Lado a Lado. Ao longo de quase seis décadas de carreira, lançou vários álbuns e circulou pelo país fazendo várias apresentações em eventos importantes, como o Festival da Seresta, no Recife, em 1996.

“É uma uma notícia muito triste. Era um cantor maravilhoso que influenciou muita gente e deixa vários fãs”, afirmou Agnaldo Timóteo, em entrevista por telefone.

Leia mais clicando aqui.

Seu nome de batismo era Nuno Soares. Veja a discografia no Wikipedia:
https://pt.wikipedia.org/wiki/Carlos_Alberto_(cantor)