Jorginho do Pandeiro (1930-2017)

Jorginho do Pandeiro

Jorginho do Pandeiro

De acordo com o site Hoje em Dia, faleceu em 06.07.2017 aos 86 anos o músico carioca Jorginho do Pandeiro, que fez parte do time de músicos das rádios Nacional e Mayrink Veiga, gravou com Canhoto e Jacob do Bandolim, e foi integrante do antológico conjunto Época de Ouro, substituindo Gilberto D’Ávila:

É irmão de um dos maiores violonistas do Brasil, Dino 7 Cordas, e também de Lino do Cavaquinho. Ao longo da sua carreira, trabalhou ao lado de artistas como Jacob do Bandolim, Chico Buarque, Silvio Caldas, Clara Nunes e Elizeth Cardoso.

A causa da morte não foi divulgada. Na internet, músicos lamentaram o falecimento.

Leia mais clicando aqui.

No site Radio Batuta:

Jorge José da Silva, o Jorginho do Pandeiro, reconhecido como um dos maiores nomes do instrumento na história da música brasileira, acompanhou Benedito Lacerda, Pixinguinha, Jacob do Bandolim, Dante Santoro e muitos outros. Até hoje faz parte do conjunto Época de Ouro, legenda do choro. Em várias formações de que participou, teve ao lado seu irmão Dino 7 Cordas. Como músico de estúdio, participou de centenas de gravações. Nesta entrevista a Cristiano Menezes, ele recorda sua trajetória e mostra as diferentes batidas de exímios pandeiristas, como João da Baiana, Russo do Pandeiro, Popeye e seu preferido, Risadinha. Termina, é claro, mostrando sua própria batida, cheia de balanço. Ele ainda é pai de outro grande pandeirista, Celsinho Silva, que há mais de 30 anos toca com Paulinho da Viola. Com este programa, a Batuta procura fazer jus à importância de Jorginho.