Voltaire Sete Cordas: Falecimento

De acordo com o Globo Online, Morreu no último domingo, 02.08.2015, vítima de um câncer, o violonista Voltaire Muniz de Sá, ou simplesmente Voltaire Sete Cordas:

Músico conhecido em rodas de choro do Rio nas últimas décadas, foi um dos grandes nomes do instrumento, tendo acompanhado por anos artistas como Silvio Caldas e Altamiro Carrilho, que compôs para ele o “Prelúdio para Voltaire”. Além deles, tocou com nomes como Elizeth Cardoso e Chico Buarque.

Mestre das baixarias (fraseado nas cordas graves, característico do violão sete cordas), Voltaire tinha tanto a habilidade de improviso dos chorões da rua quanto o conhecimento das partituras. Seu violão pode ser ouvido em álbuns clássicos como “Pixinguinha de novo” (1975), de Altamiro e Carlos Poyares, “100 anos de música popular brasileira” (1974), de Paulo Tapajós e Altamiro, ou em gravações como as mostradas abaixo, de “Lamentos”, por Elizeth Cadoso, e “Arrasta a sandália”, com Elton Medeiros.

Leia mais clicando aqui.