Sergio Souto: Falecimento

Sergio Souto

Sergio Souto

Nota do perfil oficial do Facebook da Fundação Cultural do Estado da Bahia (FUNCEB) sobre o falecimento de Sergio Souto:

A Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA) registra seu imenso pesar pela morte do maestro, compositor, arranjador e educador Sergio Souto, falecido na madrugada desta segunda-feira, 1º de setembro de 2014. O velório será realizado na Escola de Dança da Universidade Federal da Bahia (UFBA), até as 15h30, de onde partirá para o sepultamento no cemitério Campo Santo, a ocorrer às 16h30.

Natural do Rio de Janeiro, Sergio, aos 21 anos, trocou a Arquitetura pela Composição e Regência e mudou-se de sua cidade de origem para Salvador, onde graduou-se pela UFBA e permaneceu definitivamente. Na década de 1970, participou da criação de dois grupos pioneiros da música instrumental na Bahia: a Banda do Companheiro Mágico e o Sexteto do Beco. Também fundou a Academia Música Atual (AMA). Como educador, viveu o processo de reforma curricular iniciado em 2001 na Escola de Dança da UFBA, bem como no curso de graduação em Música Popular implementado em 2009 na Escola de Música da UFBA. Em 2007, passou a exercer as funções de coordenador, regente e diretor musical do grupo Vozes Reveladas, chancelado pela UFBA enquanto projeto de Extensão. Em 2010, fundou, a partir de oficinas de mobilização cultural realizada na cidade de Tremedal, o Coral SerTão Brasileiro, que reúne participantes das cidades de Tremedal e Piripá, região do semiárido da Bahia. Entre outros, também atuou no Liceu de Artes e Ofícios da Bahia e no Bando de Teatro Olodum. Contribuiu ainda, como arranjador, na realização de álbuns de diversos artistas.

Sergio deixa viúva a querida colega Beth Rangel, diretora da Escola de Dança e do Centro de Formação em Artes da Fundação Cultural do Estado da Bahia (FUNCEB). Os seus parceiros de trabalho a acolhem neste momento de dor, com reconhecimento e carinho. Que também haja conforto aos filhos, Daniel, André e Diogo, aos familiares, aos amigos, parceiros e alunos.

GRÁTIS – Projeto A Lona Tem Concerto – 31.08.2014

Solistas, Coro e Orquestra de Câmara Cia. Bachiana Brasileira. Ricardo Rocha, regente.

Programa: Bach. Radamés Gnatalli. Alberto Nepomuceno.

Arena Carioca Fernando Torres
R. Bernardino de Andrade, 200 – Madureira. Tel.: (21) 3495-3093.
Domingo, 31 de Agosto de 2014, às 18:00. Grátis.

Glenn Cornick (1947-2014)

Glenn Cornick

Glenn Cornick

De acordo com o site Poeira Zine, o mundo do rock perdeu em 30.08.2014 o baixista Glenn Cornick, músico que dentre muitas bandas tocou no Jethro Tull, onde gravou os três primeiros discos do grupo: This Was (1968), Stand Up (1969) e Benefit (1970). Até o momento a causa de sua morte ainda não foi revelada:

A notícia da morte do baixista, aos 67 anos, pintou na web depois de um post de Ian Anderson na página oficial de seu Jethro Tull, onde ele comenta: “É com grande tristeza que tomamos hoje conhecimento da morte de Glenn Cornick. Glenn era um cara com grande cordialidade, pronto para fazer amizade com qualquer um – especialmente músicos. Sempre alegre, trouxe bravata para as performances iniciais do Tull, tanto como músico como personalidade. Sua experiência nos grupos beat do norte da Inglaterra e seu amplo conhecimento musical foi sempre útil nos arranjos do início do Jethro Tull”.

Leia mais clicando aqui.